Marketing Multinivel

 

O network marketing ou marketing de rede iniciou-se nos Estados Unidos, como um desdobramento de vendas diretas, atividade milenar que, por meio dos mascates empreendedores, desemprenhou importante papel no progresso da humanidade.

A venda direta inclui todas as formas de venda feitas de pessoa para pessoa.

Estudos do DAS (Direct Sales Association) americano mostram que em 43 países estudados em 1995, o volume total de vendas diretas ultrapassava a casa dos 70 bilhões de dólares anuais, envolvendo mais de 20 milhões de vendedores.

A diferença entre venda direta e marketing de rede encontra-se fundamentalmente na forma de remuneração.

Em venda direta, os vendedores, representantes ou consultores ganham pelo que vendem diretamente ao consumidor. Em marketing de rede, os distribuidores ganham tanto pelo que vendem quanto pelo que é vendido pelos distribuidores que patrocinam, sendo que os próprios distribuidores constituem a maioria dos clientes.

 

NOÇÕES BÁSICAS

Como nem todos conhecem o conceito e a terminologia do network marketing, vamos dedicar alguns parágrafos a essas explicações.

Network marketing ou marketing de rede é a venda direta ao consumidor, por meio de redes de distribuidores independentes que captam novos distribuidores e lhes oferecem o suporte necessário para o bom desempenho da função. Esse suporte recebe o nome de patrocínio e consiste em ensinar, treinar e motivar o novo distribuidor, formando com ele uma parceria. De acordo com os princípios básicos do network marketing, cada distribuidor constitui um elo de uma rede de vendas, podendo patrocinar tantos novos distribuidores quanto deseje cada um dos quais podendo agir da mesma forma.

João convida Antônio para fazer parte da rede. Aceitando, Antônio passa a ser patrocinado por João, situando-se abaixo dele na rede de distribuidores.

Mas, ao mesmo tempo em que é patrocinado, Antônio também é distribuidor, podendo patrocinar outros distribuidores que, por sua vez, entrarão abaixo dele na rede de vendas. E assim sucessivamente.

Isso dá uma idéia bem clara de como os distribuidores se colocam em níveis, justificando a outra forma como esse sistema de venda é conhecido: marketing multinível (MMN) ou multi-level marketing(MLM).

COMPENSAÇÃO FINANCEIRA

Os rendimentos de um distribuidor advêm tanto do ganho obtido em suas compras (atacado) e revendas (varejo) quanto do ganho obtido pelas pessoas que ele patrocina.

No marketing de rede, usa-se o termo downline para referir-se ao grupo que se estende da posição de um distribuidor para baixo, encontrando-se sob a sua organização pessoal. Esse grupo abrange tantos níveis quanto os previstos pelo plano de compensação da empresa.

Uma vez que todo distribuidor faz parte de um downline e tem o seu próprio downline, ele tanto repassa uma compensação ao seu patrocinador quanto recebe uma compensação de seus patrocinados.

Os sistemas de compensação de empresas multiníveis consideram os seguintes elementos: composição do primeiro nível da rede (largura) e quantidade de níveis (profundidade) para a compensação de seus distribuidores.

Da definição desses elementos surgem planos, como o binário (o primeiro nível limita-se a dois componentes e a profundidade é infinita), o matriz (o primeiro nível comporta de duas a sete pessoas e a profundidade vai de cinco a doze níveis, no máximo, e o uni nível (não há limite para a composição do primeiro nível, mas a profundidade é limitada entre cinco e nove níveis), entre outros.

O network marketing é uma atividade comercial que, se bem gerenciada, constitui um forte canal alternativo de distribuição de produtos e serviços. E em comparação com outros ramos de negócios, o risco financeiro é significativamente menor.

Normalmente, participam dele pessoas que acreditam no produto, gostam de ser o próprio chefe e querem ganhar um dinheiro extra, além de ter mais tempo livre e de aprender muito com o processo.

EM LINHAS GERAIS

O network marketing, em si, é um bom sistema de venda. O conceito é sólido e oportunidades boas e honestas estão por todo lado. É um negócio atraente, com boas perspectivas de segurança econômica, não exigindo praticamente nenhum investimento nem tempo integral ou conhecimentos especiais, com baixo risco.

No entanto, requer trabalho duro, muita persistência, honestidade, lealdade e total comprometimento. Pessoas com espírito imediatista poderão decepcionar-se, pois o sistema não faz milagres. É melhor ser bem-sucedido lentamente do que fracassar com rapidez.

Escolha uma companhia íntegra, na qual se sinta confortável, e comprometa-se com ela. Trabalhando arduamente e com ética, o negócio dá certo.

OS 15 MANDAMENTOS DO DISTRIBUIDOR DE NETWORK MARKETING

Gini Grahan Scoth desenvolveu os 15 mandamentos para um distribuidor ser bem-sucedido em network marketing, mas estes servem perfeitamente para qualquer atividade empreendedora:

1. Seja otimista

2. Fixe metas

3. Seja persistente

4. Seja entusiástico

5. Tenha iniciativa

6. Administre o seu tempo

7. Esteja disposto a trabalhar duro, a ter disciplina e a cobrar resultados.

8. Concentre-se em seu aperfeiçoamento pessoal

9. Seja firme e deixe claro o que deseja

10. Acredite em você

11. Trabalhe com pessoas otimistas e cooperativas

12. Concentre-se em problemas específicos

13. Compreenda e trabalhe bem com pessoas

14. Trabalhe direcionado para as suas metas

15. Desenvolva hábitos de sucesso

Leia o texto integral no livro “Uma Venda Não Ocorre Por Acaso”, do Dr. Lair Ribeiro, página 180, Editora Leitura

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.