4Life Transfer Factor Vista – Español

4Life Transfer Factor Vista<sup>&trade;</sup> - ¡NUEVO!

TRANSFER FACTOR VISTA

$50.45

Fórmula dirigida para apoiar a saúde dos olhos.

Recomendem este produto, que como todos os outros produtos 4life são cientificamente comprovados, 100% natural(não gera conflito com outros medicamentos) e estão no PDR que é o livro dos médicos aqui nos Estados Unidos, isso não é qualquer coisa certo? Experimente e RECOMENDE!

Suporte primário: Apoio de Saúde da mácula ocular e antioxidante.

• Suporta a agudeza visual

• Contém ingredientes que protegem a mácula dos olhos contra a exposição excessiva à luz azul e danos causados pelo sol

• Promove a função saudável dos olhos

• Suporta a capacidade de se adaptar às mudanças na intensidade da luz 4Life Transfer Factor Vista ™ oferece um apoio específico para a visão e saúde ocular. Contém luteína marca mais recomendado pelos médicos e ingredientes que suportam a agudeza visual e saúde e função da mácula do olho. Ele também inclui ® Fatores de transferência para o suporte ao sistema imunológico.

A mácula é um ponto ovalado de cor amarela junto ao centro da retina do olho humano. Tem um diâmetro de cerca 1,5 mm. Do ponto de vista histológico, tem duas ou mais camadas de células ganglionares. É na mácula que se encontra a maior densidade de células cone do olho, responsáveis pela visão de cores. Essa alta densidade de cones faz com que a mácula seja o ponto do olho onde enxergamos com a maior clareza e definição. Porém, a grande quantidade de cones traz como consequência uma menor densidade de bastonetes. À noite, quando há pouca luz, os cones não conseguem ser estimulados com tanta eficácia, sendo nossa visão noturna fruto quase exclusivo da ação dos bastonetes. Ao olharmos diretamente para uma estrela, ela é projetada na mácula, onde há poucos bastonetes. Portanto, é frequentemente mais fácil enxergar uma estrela olhando um pouco ao lado de sua direção do que diretamente nela.

Informações adicionais da LUTEÍNA direto do site: www.melhoramiga.com.br

Luteína na prevenção da cegueira. A luteína funciona como uma espécie de óculos de sol naturais. Todo mundo já ouviu dizer que cenoura faz bem para a vista. Isso porque ela é a principal fonte de betacaroteno, um precursor da vitamina A, cujos poderes antioxidantes são conhecidos desde a década de 80. Pois bem, a substância perdeu o posto de menina-dos-olhos dos oftalmologistas para outros dois nutrientes – a luteína e a zeaxantina.

Os últimos estudos indicam que são as principais aliadas na prevenção e no tratamento da degeneração macular. Com 3 milhões de vítimas no Brasil, a doença é a principal causa de cegueira de pessoas com mais de 60 anos Estudos comprovam que os antioxidantes diminuem a progressão da doença degenerativa dos olhos. Com a chegada da maturidade, a saúde dos olhos requer cada vez mais cuidados. Estudos comprovam que o consumo de antioxidantes tem se mostrado um importante aliado na prevenção e no controle de doenças relacionadas à saúde ocular, como é o caso da Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI).

O problema gera dificuldades na realização das atividades cotidianas como ler, assistir televisão, cozinhar e usar o telefone. “Com o passar dos anos, a retina vai perdendo a capacidade de se livrar de substâncias que se formam durante o processo visual, o que ocasiona a destruição progressiva das células presentes na mácula (área da retina responsável pela visão central, de detalhes).

Na fase mais avançada da DMRI, o enfraquecimento da retina leva ao crescimento de vasos sanguíneos que sangram e acabam deteriorando ainda mais a visão”, explica o oftalmologista Francisco Max Damico, da Faculdade de Medicina da USP Em muitos países desenvolvidos, a DMRI chega a ser a principal causa de cegueira relacionada ao envelhecimento. A fase inicial da DMRI, conhecida como forma seca, não provoca sintomas. Já na avançada, chamada de forma úmida, os pacientes notam uma mancha no centro dos olhos com perda da visão central e de detalhes.

Para retardar a progressão da doença, o oftalmologista sugere o consumo dos antioxidantes: luteína, zinco e zeaxantina presentes em frutas e vegetais como couve, nabo, espinafre, alcachofra, gema de ovo, ameixa, morango, maçã, blueberry (mirtilo), cereja, morango, uva roxa, cenoura e abóbora. Alimentos como feijão, amêndoas e nozes também contêm antioxidantes, embora em menor quantidade. “Os antioxidantes ajudam a cuidar da saúde ocular e a prevenir doenças degenerativas, mas as quantidades necessárias para esta atuação geralmente são maiores do que as ingeridas com a alimentação diária. Atualmente existem suplementos com complexos de vitaminas, minerais e antioxidantes, que colaboram no tratamento da forma inicial da DMRI”, diz Damico.

Se você está querendo ter uma renda extra, saiba que você pode ganhar uma boa grana simplesmente por RECOMENDAR os produtos 4Life, saiba como entrando em contato! Email: contato@deborapedroso.com

 

CONFIANÇA – Os produtos 4Life são 100% naturais e estão listados no PDR – PhysiciansDesk Reference, o livro de cabeceira dos médicos nos Estados Unidos, ou seja, para estar neste livro, além de passar por vários estudos científicos, o produto tem que fazer o que diz que faz.

Rússia – Científicos na Rússia estudaram os fatores de transferência por 5 anos para comprovar sua eficácia. Hoje em dia os hospitais públicos de lá, fornecem GRATUITAMENTE frascos de fatores de transferência para toda a população.

 

 

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.